Chlamydophila psittaci

Psitacose/ Clamidiose/ Ornitose

Serviços

Adquira os seus serviços na área de cliente

Descrição

A psitacose (em psitacídeos) ou clamidiose/ ornitose (outras aves) aviária é uma doença infeciosa, aguda ou crónica, causada pela bactéria Chlamidophila psittaci e que afeta espécies domésticas e silvestres. De maior preocupação é o fato da psitacose ser uma doença zoonótica, ou seja, o patogéneo pode ser transmitido das aves para o ser humano e pode causar doença severa em humanos.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser realizado em laboratório usando a técnica de PCR (Polimerase Chain Reaction) e marcadores moleculares específicos para detetar o DNA da bactéria. Todas as aves adquiridas, que tenham regressado de exposições de animais ou que se encontrem letárgicas deverão ser testadas para a C. psittaci e é recomendável repetir o teste pelo menos uma vez por ano, de forma rotineira, em todas as aves.

Sintomas e transmissão

O período de incubação da C. psittaci varia entre 3 – 10 dias, podendo ser mais longo em alguns casos, sendo que podem ocorrer infeções latentes e a doença ativa surgir anos após a exposição à bactéria. Assim, as aves infetadas podem não apresentar sintomas da doença, tornando-se portadores sem serem facilmente identificados. Nas aves, os sinais clínicos da doença são inespecíficos e muito variáveis, consoante a gravidade da infeção, a espécie e a idade da ave infetada, manifestando-se de diversas formas, tais como infeção respiratória do trato superior, com descarga nasal e/ou ocular, diarreia, perda de peso, tremores, letargia, baixa temperatura corporal, ou uma combinação de vários sintomas que vão aparecendo com a evolução da doença. A transmissão da doença ocorre principalmente pelo ar. A bactéria pode ser libertada através das secreções nasais e/ ou oculares, das fezes e pelas penas e pó das penas das aves infetadas e é bastante resistente fora do organismo do hospedeiro, podendo permanecer viável durante meses se em contato com matéria orgânica. A transmissão vertical pelo ovo também foi observada em algumas espécies, como por exemplo em patos domesticados.

Tipos de amostra

* Zaragatoa nasofaríngea, cloacal e cloanal

* Podem também ser realizadas análises ambientais, usando esfregaços dos aviários, ninhos, bancadas, incubadoras ou outras superfícies em contacto com as aves para determinar a presença do agente patogénico no meio ambiente
* Amostras post-mortem: tecido do fígado, baço ou rim

IMPORTANTE: a correta recolha da amostra é um passo fundamental para realização de qualquer análise. Por favor, consulte as instruções para recolha e submissão de cada tipo de amostra no seguinte link. Contacte-nos caso necessite de assistência, estamos sempre disponíveis para qualquer questão.

Limitações: Como em qualquer teste genético, podem ocorrer pontualmente novas mutações no genoma bacteriano, tornando difícil detetar todos os subtipos.

Método laboratorial

PCR e PCR em tempo real (Real-time PCR)

Resultados

Os resultados serão enviados por email e colocados na área reservada do cliente em 24-72 horas após receção das amostras no laboratório

Caso seja do interesse do cliente, também existe a possibilidade de emitir os certificados de análise em papel e enviar os mesmos por correio.